sexta-feira, 13 de março de 2009

ritoca

desde que chegou em casa, no dia em que foi castrada, a rita escolheu um dos cantinhos das prateleiras para morar e de lá não saiu mais. foram dias e dias de preocupação sem saber se ela estava comendo, mas com tinha coco de 3 gatos diariamente, eu não me preocupava tanto.

há umas três semanas flagrei a rita no meio do quarto. o desespero dela foi tão grande que ela patinou que nem maluca e se escondeu de novo.

eu não faço absolutamente nada para assustá-la e nem para tentar uma aproximação. eu simplesmente deixo que ele more na minha casa, limpo o coco dela, troco água e mantenho o pote cheio de comida. se um dia ela quiser fazer contato, vou ficar muito feliz, mas se não quiser, que viva a vida que escolheu, né? detesto quem fica me perturbando e jamais faria isso com ela.

mesmo assim, honestamente, acho que ela tem grandes chances de virar uma gata sociável. depois do flagra, já peguei ela + 2 vezes fora da toca. ou em cima das minhas roupas, ou em cima da mala que a belle gosta de ficar.

quando eu entro no quarto, ela procura ir para um lugar que eu não tenha alcance ou que pelo menos esteja longe de mim. quando isso acontece, eu falo oi, mando beijo, faço o que eu tenho que fazer e vou embora.

nestes dias de calor excessivo, ela tem aproveitado mais a varanda dos gatos [o parapeito da minha janela é enorme e eles amam]. ontem, mesmo com alguns fus, decidi registrar a belezura da rita. linda, peludona e com enormes olhos redondos e amarelos!!!

uma delicinha de gata, fala a verdade?

14 comentários:

Alice disse...

Linda linda!!!

Vais conseguir!! Vais ver!!! :)

Nana disse...

Linda mesmo!!!!
Logo ela estará adaptada vc vai ver!! todos temos nosso "tempo" eles também!!

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Linda! Luisa, tenho fé na sua paciência e logo, logo veremos a Rita ganhando uma família de comercial de margarinha, só dela. Beijos, bom fim de semana

ila fox disse...

Lindona a gata, parece com o meu Vinil Viniculino!

Aliás... vc sendo uma grande apaixonada pelo mundo felino pode me ajudar!

Moro a 5 anos em casa térrea, meus gatos são livres, leves e soltos. Ambos castrados. Daqui uns meses vou me mudar, serão 1.200 km de distancia, para morar num apartamento...

Pergunto:
- Vc acha q eles vão se adaptar à rotina tediosa de um apartamento, sendo que adoram passear mesmo castrados?
- Quais procedimentos para levar meus pequenos no avião?

Obrigada! e boa sorte com a adaptação da Ritoca!

Louca dos Gatos disse...

Ila,

Nós do adote um gatinho, acreditamos que os gatos devem estar seguros e sem acesso a rua, pois infelizmente, vivemos em um mondo que as pessoas maltratam bichinhos de rua. Temos experiências ruins e por isso acreditamos que esta é a melhor solução no momento.

Os gatos são muito resilientes e adaptáveis. Eles vão aceitar o apartamento na boa. Claro que qualquer mudança é ruim para eles. Gatos gostam de conhecer qq cantinho e terão um tempo para se acostumarem. O importante é você telar o apartamento, pois gatos por serem curiosos, podem pular da janela... ainda mais os seus que nunca moraram nas alturas. Eles não estão acostumados e podem cair, se machucar e até morrer =(

Sobre a viagem, algumas companhias aéreas deixam que vc leve o animal junto com vc, desde que na caixa de transporte. Acho que a TAM permite. Os animais precisam estar com todas as vacinas em dia. Dá uma olhada neste link que tem mais informações:

http://www.arcabrasil.org.br/noticias/051222_ferias.htm

beijos
Luísa

ila fox disse...

Olá Luísa!

Obrigada pelas informações.
Já pedi para meu namorado ver a respeito de tela no apartamento!

:-D

Gisa disse...

Que gata linda! Pelos progressos que relataste acho que em breve fará contato. Bjs

patidiamante disse...

ai que gata mais linda!!! o duro é aguentar a vontade de "amassar" né? eu sou super felícia... rsrs

Marianne disse...

Olha lá a minha afigatinha! Caramba, ela é muito linda! Morro de pena desses assustadinhos, mas ainda acredito na mudança dela. Pode não virar um chuchuzinho de colo, mas logo mais vai deixar fazer carinho =]

Silvia disse...

owww... a carinha dela é linda d+!!!
é questão de tempo mesmo para se aproximar! :D
Bjocas!

Sílvia disse...

São traumas que demoram a passar, maus tratos antigos e que não se resolvem de um dia para o outro.

Nós adoptamos o Blacky faz ano e 1 mês e mesmo asim ele ainda patina quando o assustamos ao entrar de repente.
Ele sabe que ninguém lhe faz mal mas age assim, ficamos tristes mas vamos fazer o quê?


Espero que corra tudo bem...


Temos fotos novas das nossas meninas postadas.

beijos

Tamara L. Allgäuer de Melo. disse...

MARAVILHOSA!!!!!!
ADOREI SEU BLOG, TAMBÉM SOU LOUCA POR GATOS!!
NÃO CONTA PRA NINGUÉM...
TENHO QUASE 30 AQUI EM CASA.
TODOS RESGATADOS DA RUA E AGORA LINDOS!!
PASSE LÁ PRA CONECER A ESTÓRIA DO AZEITONA:
cafecomgato.blogspot.com
GARNDE BEIJO.
PARABÉNS POR SER UMA FONTE INESGOTÁVEL DE AMOR POR ESSES BICHANOS!!
GARNE BEIJO.
TAMARA - CAFÉ COM GATO.

disse...

ai, adorei a carinha dela!

eu fiz o mesmo que vc com o brother e hj em dia ele é um grude comigo!

:)

Marianne disse...

Uma fofa a minha afigatinha =] Daqui a pouco ela fica boazinha. Pode não virar uma chuchuzinha de colo, mas vai deixar fazer carinho, vai se esfregar, vai ronronar... Vai sim! E vai ganhar uma família feliz!