terça-feira, 9 de agosto de 2011

quem disse que não vale a pena?

ai gente, sempre que tenho um post superimportante para escrever, fico esperando a inspiração chegar para conseguir fazer todo mundo chorar. adoro fazer vocês chorarem com os finais felizes hahahaha

então preparem-se. a foto é antiga, mas a história é novinha em folha ;)



lembram do brasilino, né? o pernetinha que vagou dias com a pata pendurada até ser resgatado, depois conseguiu um lar em campinas com a lili, uma escaminha assustadinha? aí eles foram devolvidos e eu fiquei arrasada.

como sempre acho que a coisa certa só acontece mesmo quando tem que acontecer e tento nunca estressar demais neste tipo de situação.

umas duas semanas da chegada deles, eu recebi um e-mail de um cara que queria o brasilino. ele estava para receber seu novo apartamento e queria "dois gatos jovens, mas podiam ser ultra vira-latas, podiam ser cegoas de um olho, sem pata, ou qualquer outra história muito triste". eu nem acreditei. na hora ofereci o brasilino e a lili. aquele e-mail parecia sob medida para eles.

eu expliquei a história do brasilino e o fato da lili ser uma escaminha medrosa e tudo mais. e tamanha foi minha alegria quando ele me respondeu “são eles mesmos que eu buscava! um manquitola e uma feinha, rsrsrs.”

só que ele precisava esperar o apartamento ficar pronto, em junho [isso dava um mês mais ou menos]. como a primeira adoção também teve um período longo de espera, fiquei meio receosa, mas decidi encarar aquele novo desafio.

junho chegou e nada do apê ficar pronto. trocávamos e-mails e a resposta era... tá quase. eu sei que estes lances de apê são superburocráticos. mas não tinha como não ficar ansiosa por tudo que estes pequenos passaram. além disso, o brasilino ficou meses em casa. eu estava disposta a adotá-lo caso alguma coisa desse errado.

pois bem, junho se foi, virou julho e nada. só que agosto chegou com a excelente notícia de que estava tudo pronto para receber os pequenos. com direto a tela no apartamento inteiro, que é um duplex. meu coração se encheu de esperança, mas fiquei pensando como estaria as telas, afinal, duplex deve ter sido complexo telar tudo.

chegando lá [após o trauma do coco que contei antes], fiquei boquiaberta. o apartamento era dos sonhos. a varanda enorme, minimamente telada para a segurança deles. uma parte, que era sem teto, foi telada com uma estrutura de metal. ficou tudo perfeito. eu fiquei tão feliz, que nem podia acreditar que os meus pequenos estariam em tão boas condições.

mas era verdade. brasilino e lili agora tem uma casa dos sonhos. com uma varanda enorme para brincar. e a felicidade se deu não só pelo luxo do apartamento, mas muito mais pelo carinho com que o pai os recebeu. os olhos dele se encheram de lágrimas quando relembramos a história do brasilino e da lili e ele, novamente, reforçou que agora o vai e vem teria fim.

eu saí de lá com o coração em festa.

como tudo pode melhorar, já recebi e-mail do adotante falando que eu o enganei. que eu falei que a adaptação podia ser difícil, mas que em 2 dias o brasuca tava seguindo ele pela casa toda e se esfregando e a lili já se deixava passar a mão.

quer coisa mais fofa do que isso? é o que eu digo. este tipo de coisa faz todo o sacrifício de investir tempo em proteção animal valer a pena! cada chateação, estresse ou tempo consumido ficam pequenos, tamanha a felicidade de proporcionar um final feliz para seres inocentes como estes.

muito orgulho de fazer parte desta história!

15 comentários:

Hanny Meire disse...

Que história linda !!!!!!

Suzana Tamassia disse...

Sempre vale à pena! Parabéns pela persistência Luísa!

Milene disse...

Que lindo! Eles vão poder viver a vida feliz à que tem direito, protegidos e muito amados.

eva disse...

Nossa fiquei superfeliz, já tinha visto a história deles na AUG, assim que adotei a Tixa, e estava torcendo muito que eles fossem felizes. Tudo tem sua hora e que bom que Deus achou um lar bacana para estes anjinhos. Adorei muito a noticia.

marisa disse...

Muito comovente, mesmo!
Parabéns pra vc e sorte deles :)

Repositório disse...

Pronto! Chorei!

Tancinha's club and branca's bar disse...

os olhos tão cheios de lágrimas! Amor! Desejo muito amor! Fico feliz por ´finais ffelizes!!!!

Maira disse...

Muito bom ler histórias assim, realmente são essas coisas que nos dão força para continuar e nos enche de esperança, ainda podemos ver que o mundo tem jeito, que bom!
bjs.

Louca dos Gatos disse...

sim. nem tudo está perdido. <3

Cândida Rosa disse...

Viva Brasilino e Viva Lili e viva você e viva o novo papai deles! Amooo essas histórias!

paulacastells disse...

Adorei a história .. demais!Eu também sou completamente apaixonada por gatos desde pequena. Agora não é possível mas espero em 3 anos fazer o que vc faz ... cuidar de gatos abandonados ... é meu sonho! Parabéns .. bjo!
Paula

Gatos da minha vida: Lola, Lilica, Smigol e Preta disse...

Que maravilha, eu fiquei muuuito feliz com essa história, realmente vale a pena, sempre vale...nadaa do que fazemos é em vão, tudo tem um propósito e tenho certeza que essa família será muuuito feliz! O Amoor explica tudo isso!
Bjinhaaaus :D

Raquel de Meneses disse...

Bingo, aguei aqui. Brasilino é querido demais, merecia dar a volta perneta por cima =)

Art by Lu disse...

Eba!!!! \o/

Taciane disse...

que lindo!