quinta-feira, 7 de junho de 2012

casa de ferreiro

este sábado finalmente é o dia da minha viagem. depois de quatro anos sem férias, resolvi enlouquecer, parcelar uma passagem e juntar o máximo de grana que eu pude para ir para europa. a viagem será num esquema mochileira, ficando em hostels e sem muita grana para torrar, mas tb sem passar perrengue.

além de me estressar com grana, reservas e tudo mais, o que tem mais me tirado o sono é o fato de que eu ficarei 18 dias sem ver meus gatos. agora que moro com minha mãe e minha irmã isso é minimizado, pois sei que eles terão companhia de alguém o tempo todo. mas mesmo assim eu to num sofrimento danado.

a situação é bastante irônica, ainda mais que eu sou uma catsitter e sempre tento acalmar as pessoas avisando que seus gatinhos ficarão bem e que eu sou muito amorosa com eles. claro que eles vão mesmo ficar bem e estarão lindos e gordinhos quando eu chegar e tb, o fato de eu não morar mais só me ajuda muito...

confesso que meu medo maior é ninguém me dar bola quando eu voltar e ai eu morrer de remorso por ter perdido o amor dos pequenos. bobona, né? mas quem pode me julgar? 

 =(

7 comentários:

Dani Faber disse...

Quando eu fiquei 22 dias internada por conta de uma pneumonia, além da baita saudade que sentia do meu loirinho, eu tinha o mesmo medo de que ele não me reconhecesse ou não gostasse mais de mim...
Mas, quando voltei pra casa... foi um grude só na mamãe!!! Ele também sentiu saudade!!! Me recebeu na porta, me seguiu pela casa por dias, não tirava os olhos de mim, e quando precisei sair para ir ao mercado que fosse, chorava na porta.
Ou seja, fica tranquila, querida... eles não esquecem daqueles que os amam... e sentem saudades também!!!
Bjos e ronrons.

Diulara disse...

Te entendo demais!
A gente fica com o coração pequenininho numa situação dessas, né?
De qualquer forma, te desejo uma linda viagem, com muita história pra contar na volta.
E, pode ter certeza, seus bigodudos vão te aguardar cheios de saudade.

Beijos,
Diulara e família felina

Repositório disse...

Own!!!! Aproveita a viagem... eles até podem te dar um "gelo" mas asseguro que é só temporário, p vc não inventar outra viagem!
Aproveita!!!

eva disse...

Primeiro quero agradecer por tomar conta dos meus pimpolhos. A Juju nem miou reclamando quando chegamos.
Nào tem jeito sempre ficamos preocupadas, eles ficam carentes e saudosos, algumas vezes dão um gelo, mas no final querem mesmo é matar a saudade.
Tenha uma boa viagem, aproveite bastante. Se passar pela Itália, saiba que esta um calorzão por lá, voltei até bronzeada.
Um beijo meu e meus peludos mandam ronrons para a querida catssiter deles.

Silvia disse...

que delícia a viagem!
também vou em julho, e o sentimento com os gatinhos é o mesmo. Dá um frio na espinha só de pensar no Gudo e na Jade me procurando pra dormir, a rotininha que eles adoram pela manhã, e vão ficar um tempo sem, enfim...
mas vai dar tudo certo! sentimentos de gateiras são extremos! kkkk
bjo grande, aproveita muiiiito e se der tempo, me manda dicas! kkk

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

boa viagem! E feliz regresso.

Aline disse...

A primeira vez que precisei viajar e deixar a Chloe sozinha em casa, fiquei apreensiva! Tudo bem que foi um curto espaço de tempo, apenas um final de semana, mas a gente fica preocupado assim mesmo. Mas ela ficou super bem e ver a recepção quando se volta para casa não tem preço! Haja colinho pra matar a saudade! :)

Estou iniciando minha incursão no mundo do blog. Depois, dá uma passadinha lá!

Abraço!