sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

gatinhos de pinheiros

tudo começou quando uma amiga que trabalha aqui na agência me disse que viu 3 gatinhos bebês douradinhos numa casa abandonada aqui do lado do escritório.

claro que eu não consegui ficar quieta e saí correndopara ver o que eu podia fazer para ajudar. chegando lá, vi que os 3 bebês na verdade eram 5, pois tinham mais 2 pretinhos tb.

a casa tem um portão master alto, impossível pular e grades largas, mas não muito. está para alugar, mas está completamente destruída: vidros quebrados, um pouco de entulho no chão e o jardim destruído.

depois de conversar com a elisa, gateira amiga, ontem a noite fomos tentar resgatá-los. ao chegar lá na porta, me deparei com um gatão adulto. depois de um tempo, surge uma escaminha tb adulta. percebemos que no chão tinha um papelão com um pouco de carne e outro com uma mistura de carne moída e ração.

de repende depois de muito psipsipsi sem sucesso, aparece um senhor andando pela calçada, para e fala com a gente. ele nos contou que os gatinhos estão ali há tempos e que tem um senhor que tem as chaves da casa. chamamos o manobrista que trabalha na rua que nos contou que uma senhorinha alimenta os gatinhos há mais de 15 anos. que todos os dias às 6h e às 18h, ela passa lá e deixa a carne para os piludos. que é só ela chegar que eles se aproximam, pois sabem que elas vem com comida e água para eles.

calma, o que pode parecer bacana, uma senhoria fofa que alimenta gatinhos de rua, pode ser um problema tb. claro, pois se os gatos sabem que ali tem comida a vontade, uma casa imensa para morar e se abrigar... não vão sair de lá. vão cruzar, se reproduzir e sabe-se lá quantos gatinhos estarão nas ruas correndo riscos em um curto período de tempo!

honestamente, eu travei. minha pouca experiência no mundo de resgates felinos não achou nenhuma solução para isso. vamos supor que eu consiga resgatar alguns gatos, além de não conseguir abrigá-los em casa, com comida disponível fresquinha e gostosa, com certeza aparecerão mais e mais gatinhos lá e isso vai virar uma piração sem fim!!!

hj vou tentar encontrar a tal senhora e conversar com ela. sei lá. ver o que eu posso fazer, conversar. pensei até em pegá-los e castrar... pelo menos não se muiltiplicariam... ai, que coisa ruim... ontem até sonhei com isso!!! fico super mal quando acontece este tipo de coisa... sensação de impotência!

alguém tem sugestões?

ah, não consegui tirar foto da casa, mas no almoço vou lá e depois posto aqui para vc terem noção da situação.

2 comentários:

mlicursi disse...

Lu,
vc pensou correto:
levá-los pra castrar.
Mesmo que voltem lá, serão alimentados, se esconderão.
E não vão procriar mais.

O ciclo não pode continuar...
senão é fome e abandono sem fim

beijo e se precisar, me avisa
Ma

Louca dos Gatos disse...

valeu má!!! tudo vai dar certo! tenho ceretza!