segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

missão quase impossível

faz algum tempo que venho percebendo que o final do coco do nico está meio pastoso [assunto excelente para depois do almoço hahahaha], só que ele só come ração. nada mais. como já passou um ano que eu dei vermífugo para galera, ontem resolvi medicar geral e ver se isso melhora.

deveria existir uma técnica certeira para dar comprimidos para gatos, né? miguel é um boneco de pano, né? basta segurar o cangote, abrir a boquinha dele e ele só falta pedir uma coca zero para ajudar a descer melhor o comprimido. a lorena pior ainda. só de pegar no cangote ela abre o bocão deixando a guelinha bem na mira. no stress.



a rita é café com leite e não é medicada. infelizmente. o namorado, que seria o ajudante perfeito por ter intimidade com a peludinha, é fofo demais para me ajudar a pegar a pequena a força. e sozinha eu não consigo. aliás, estamos aceitando voluntários para tal tarefa.

já o nico, bom, além dele ser o gato mais tenso no quesito medicação, o pentelho é gordo e grande, o que exige uma dosagem de um comprimido e meio. tenso!! não entendeu? ah... eu explico. esta dosagem significa que vou ter que abrir a boca e enfiar a pílula duas vezes. isso mesmo. é tensão em dobro.

deixei ele por último por razões óbvias. a primeira tentativa foi um sucesso só. o coitado não estava esperando e foi coisa linda. uma mordidinha de leve e uma cara de putice, mas nada que traumatizasse nem a mãe aqui e nem filho. tentei dar um intervalo de meia hora entre o primeiro comprimido e a metade da dose que faltava.

mas só quando fui tentar dar a metade que faltava que percebi que me precipitei. tomei muitas mordidas, patadas e uma olhar fulminante com promessa de ódio eterno até a próxima necessidade de cafuné.



resultado? meia dose jogada no lixo. ** os vermífugos em contato com a saliva derretem e deve ter um gosto horrível. depois de derretido, impossível tentar qq manobra =/

fiz a desprovida de ansiedade e esqueci da vida. passou uma hora, duas horas, três horas. até que de repente encontro o gordinho deitado na cama. num cochilinho bom a beça. minha mente estratégica já associou o momento com uma oportunidade e lá fui eu pegar a outra metade que faltava. quase como uma ninja suicida maluca, eu peguei o coitado pelo cangote e enfiei o comprimido goela abaixo.

missão cumprida! quer dizer, quase... agora é esperar mais 15 dias para repetir a dosagem.

quem te enganou falando que seria fácil assim?

18 comentários:

Health Cred disse...

uahsuhaushuahs a saga da medicação.... com o gutti eu tenho a saga de aparar as unhas :S:S gatos tensos!

Lanna disse...

Oi Luísa, tenho lido bastante seu blog, adoro gatos, mas no momento to sem nenhum, estou morando com minha mãe e ela não aceita por nada q eu leve outro gatinho pra lá, enfim, adoro ler a historias sobre os pequenos e me divirto viajando imaginando as cenas, as raras vezes q dei remedios aos meus foi bem suave mas a hora de aparar as unhas (q são mais frequentes) sempre foram tensas... mais até o q os banhos q o unico problemas era a cara de "por favor não faz isso comigo não..." rsrs, adoro seu blog, acho q vc tem um coração enorme e admiro muito isso...
Bjão e PARABENS

primeirobigode disse...

Oi Luisa!

Todos os gatos deviam ser enganados pelo velho truque de colocar o comprimido no meio da almofadinha de comida molhada né? Pena que nem sempre dá certo, rsrs, adorei seu blog, vou colocar nos meu favoritos :) beijos

Wayne, Rodrigo e nossos felinos: Lola, Lilica, Smigol e Preta disse...

kkkk, isso é tenso, sei beeem, é bem tenso...mas conto com a ajuda do meu namoradooo....rsrsrs, ele segura o corpo, e eu coloco o comprimido guela a baixo, mesmo assim ainda fica um pouco difícil, mas vai....depois, dou um sachê de whiskas pra eles e tá td certo....rsrrss...boa sorte na segunda dose!;-)
Bjs

cris disse...

oih... vim um dia deste te visitar... e ja fui te seguindo...
euh tenhu 2 gatos, a mel e o chorao, o chorao ele é literalmente um chorao, porém apaixonado pelo meu marido, kom ele em casa ele fika o dia td kieto, mas so komigo mia muito as vezes...
so ke a kestao é outra, ele tah perdenduh muitos pelos, vc axa ke é epoka de troka de pelos? ouh preciso dar algo pra ele.?
bjokas...

Maira disse...

kkkkkk... é assim mesmo, sei bem.
bjs.

Daniela Tórgo disse...

Fico deprimida só em pensar que tem dar vermífugo de novo, realmente não é tarefa fácil!

Teodoro disse...

:) Eu sou um bonequinho de pano...

GRAÇA disse...

Venho te dizer que já estou boa e por isso,tens lá no meu blog um selinho para você
Beijinhos da mamy e muitas turrrinhas da
KIka

As Aventuras da Gata Sofia disse...

Antes de qlq coisa quero dizer que admiro mto pessoas como vc, e estou te seguindo, tenho minha gata, mas tbm ajudo os gatinhos que encontro pela rua, até arrumar um lar quentinho e aconchegante para eles...
Quanto a dar comprimidos para eles, sei que não é uma tarefa mto fácil, mas tive que aprender!
a técinica que aprendi é simples... deixe o bichano na posição de barriga para baixo, peça para alguem segurar as patas dianteiras, para ele não te unhar...com a mão esquerda por traz da nuca,usando os dedos para forçar a abertura da boquinha...com a mão direita, pegue o comprimido,e coloque rapidamente o mais profundo que conseguir na goela deles,feche a boquinha e dê um sopro no narizinho... pronto já engoliram...
Espero que tenha te ajudado... bjks

Renata disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renata disse...

Como dar um comprimido a um gato:

***** 1 - Pegue o gatinho e o aninhe no seu braço esquerdo, como se
segurasse um bebê. Coloque o indicador e o polegar da mão direita nos
dois lados da boquinha do bichano e aplique uma suave pressão nas
bochechas, enquanto segura o comprimido na palma da mão. Quando o
amorzinho abrir a boca, atire o comprimido lá dentro. Deixe-o fechar a
boquita e engolir.

***** 2 - Recupere o comprimido do chão e o gato de detrás do sofá.
Aninhe o gato no braço esquerdo e repita o processo.

***** 3 - Vá buscar o gato no quarto e jogue fora o comprimido meio
desfeito.

***** 4 - Retire um novo comprimido da embalagem, aninhe o gato no seu
braço enquanto segura firmemente suas patas traseiras com a mão
esquerda. Obrigue o gato a abrir as mandíbulas e empurre o comprimido
com o indicador direito até o fundo da boca. Mantenha a boca do gato
fechada enquanto conta até dez.

(cont)

Renata disse...

(con) ***** 5 - Recupere o comprimido de dentro do aquário e o gato de cima do
armário. Chame a sua esposa no jardim.

***** 6 - Ajoelhe-se no chão com o gato firmemente preso entre os
joelhos, segure as patas da frente e de trás. Ignore os rosnados baixos
emitidos pelo gato. Peça a sua esposa que segure firmemente a cabeça do
gato com uma mão enquanto força a ponta de uma régua para dentro da boca
do gato com a outra mão. Deixe cair o comprimindo ao longo da régua e
esfregue vigorosamente o pescoço do gato.

***** 7 - Vá buscar o gato do suporte da cortina e retire outro
comprimido da embalagem. Tome nota para comprar outra régua e reparar as
cortinas. Cuidadosamente, varra os cacos das estatuetas e dos vasos do
meio da terra e guarde-os para colar mais tarde.

Renata disse...

***** 8 - Enrole o gato numa toalha grande e peça a sua esposa para se
deitar por cima de forma que apenas a cabeça do gato apareça por debaixo
do sovaco. Coloque o comprimido na ponta de um canudinho, obrigue o gato
a abrir a boca e mantenha-a aberta com um lápis. Assopre o comprimido do
canudinho para dentro da boca do gato.

***** 9 - Leia a literatura inclusa na embalagem para verificar se o
comprimido faz mal a humanos, beba uma cerveja para retirar o gosto da
boca. Faça um curativo no antebraço da sua esposa e remova as manchas de
sangue do carpete com o auxilio de água fria e sabão.

***** 10 - Retire o gato do barracão do vizinho. Vá buscar outro
comprimido. Abra outra cerveja. Coloque o gato dentro do armário e feche
a porta até o pescoço, de forma que apenas a cabeça fique de fora. Force
a abertura da boca do gato com uma colher de sobremesa. Utilize um
elástico como estilingue para atirar o comprimido pela garganta do gato.

Renata disse...

***** 11 - Vá buscar uma chave de fendas na garagem e coloque a porta do
armário de novo nos eixos. Beba a cerveja. Vá buscar uma garrafa de
whisky. Encha um copo e beba. Aplique uma compressa fria na bochecha e
verifique a data de quando tomou a última vacina contra tétano. Aplique
***** compressas de whisky na bochecha para desinfectar. Beba mais um
copo. Atire a camiseta fora e vá buscar uma nova no quarto.

***** 12 - Telefone para os bombeiros para virem retirar a droga do gato
de cima da árvore, do outro lado da rua. Peça desculpas ao vizinho, que
se estabacou contra a vedação enquanto tentava se desviar do gato em
fuga. Retire o último comprimido de dentro da embalagem.

***** 13 - Amarre as patas da frente às patas de trás da porcaria do
gato com a mangueira do jardim e, em seguida, prenda firmemente à perna
da mesa da sala de jantar. Vá buscar as luvas de couro para trabalhos na
garagem. Empurre o comprimido para dentro da boca da besta, seguido de
um grande pedaço de carne. Seja suficientemente bruto, segure a cabeça
do corno na vertical e despeje um litro de água pela goela abaixo para
que o comprimido desça.

Renata disse...

***** 14 - Beba o restante do whisky. Peça a sua esposa que o conduza ao
hospital e se sente bem quieto enquanto o médico costura seus dedos e o
antebraço e remove os restos do comprimido de dentro do seu olho
direito. A caminho de casa, contate a loja de móveis para encomendar uma
nova mesa de jantar.

***** 15 - Faça de tudo para que a sociedade protetora dos animais venha
buscar o gato mutante fugido do inferno. Telefone para a loja de animais
e pergunte se eles têm tartaruguinhas...



hauhuahahuaa espero que com vc seja mais fácil, lá em casa beira essas situação acima.
Abração

Nin@ disse...

Será que alguém pode me dar uma dica??? Esse final de semana visitei 58 gatinhos (Brasilia/DF), que estão em uma casa de uma senhora bem humilde. Percebi que eles estão com pulgas. Principalmente os filhotes estavam com muita pulga.

Gostaria de saber qual método de combater as pulgas num local com tantos gatos. O que vcs indicam???

ALGUÉM me indica um local que venda anti-pulga p/gatinhos com o preço mais baixo???

Pode ser qq um -> Frontline, Advantage, Advocate, Revolution...

Obrigada desde já

Kelly Resende disse...

Menina, entendo bem sua dificuldade, aqui em casa temos o Shiva que é impossível medicar. Compramos aquele profender só pra ele, pq senão ficamos todos sem as mãos. rsss
Beijos