sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

paciência

todo mundo que tem gato sabe que gatos são folgados. não há caminha mais chique e confortável do mundo que seduza um gato quando ele tem um sofá inteiro a sua disposição para cochilar e afiar as unhas.

não tem surpresa. é chegar em casa e encontrar um ou alguns deles esparramados no sofá te esperando.

só que se vc tem uma gata medrosa como a minha, que demorou meses para sair da toca, meses para te deixar passar a mão, mais alguns meses para circular pela casa, nem tudo é trivial como pode parecer. a surpresa é encontrá-la dando sopa pela casa.

a paciência é o segredo de quem quer conquistar um gato. é o que eu sempre digo. e, se vc como eu, tem de sobra, vai entender a minha felicidade.

tudo começou quarta de manhã, quando eu percebi que a rita estava entre a cabeceira da cama e o rolinho da almofada. escondidinha num buraco como quem não quer nada. eu que não sou boba nem nada, enfiei a minha mão ali e desatei a fazer carinhos.

quinta pela manhã a mesma coisa. só que desta vez meu namorado estava aqui. quando ele a viu, ficou maluco e começou a sessão de cafuné. logo ela se sentiu mais confortável e arriscou sair da toca e vir para cama.

a gente nem acreditou tamanha fofura. dava tudo para ter uma câmera naquele momento, mas eu sabia que qq movimento brusco a faria fugir.

depois de algumas carícias ela fugiu mesmo com movimentos controlados.

o que eu não esperava era que ontem, enquanto eu estava assistindo televisão a noite, a ritinha se arriscasse e subisse no sofá. contrariando todas as expectativas, a pequena não só subiu no sofá, como se esfregou em mim e ameaçou tirar um cochilo.

consegui sair rapidamente de onde eu estava, buscar o celular e voltar. ela saiu de lá por um instante, mas voltou logo para minha felicidade e, enfim, eu consegui fotografar tal progresso.



sério. parece até mentira que isso aconteceu. a felicidade é tanta que vale cada segundo de preocupação com o bem-estar dela. não tem nada que pague isso.

sou só orgulho!

11 comentários:

Encrenquinhas da Mamãe disse...

Aiii que fofa !!!!
Não falam que o amor é maior que tudo , ela sabe que é amada e está superando todos os seus medos ...
Boa sorte para vocês
lambeijos

Cacau Jafet disse...

Oi amiga!
Eu tenho uma gata assim,ela não saia debaixo do sofá e não deixava fazer carinho,mas aos pouquinhos ela foi saindo e se deixando fazer carinho,agora já está toda segura de sí! Porem só comigo e com meu marido, se chega alguem para visitar ela foge para debaixo do sofá e só sai quando a visita for embora!
bjosss e romrons

Health Cred disse...

aiiiiiiiiiii lunny que linda!!!!!!!!! parabéns pra ritinhaaa fazendo progressos!!! S2 ameiii :D

.rack. disse...

ai que delícia!!!!!!!!

orgulho de mãe né???

Beijokas

Karen, disse...

Ainnn que delícia deve ter sido a cena da Ritinha se entregando... fofura demais.
Agora que a danadinha vai ver o que é bom nao vai deixar mais fazer carinhos nos outros hihih.

Bjinhos

Wayne, Rodrigo e nossos felinos: Lola, Lilica, Smigol e Preta disse...

Que fofaaaaaaaaa, fico muuuito, muuuito feliz por vcs!bjs

Dee disse...

É Lu
sei bem o que é isso. A minha Michelle demoreou 3 meses para deixar a gente pega-la no colo.
Demorou um ano para subir no sofá
Demorou 18 meses para relaxar completamente e saber que não existe perigo em casa.

É um orgulho mesmo!
Beijo Grande

Carla Pinheiro disse...

ai que neguinha mais fofa da titia... posso ser a dinda dela?

bobagens pálidas disse...

Que linda!!! *_*

Paula Guima disse...

Aeeeeeeeeeeeeee... Paris Rita Black!!!!!!

Prosopopéias Cintilantes disse...

Oi, Luisa
Sei exatamente como é isso. O Vincent ficou morando em cima do meu armário durante um tempo, depois se mudou para a caixinha de transporte. Sempre foi medrosinho. Ainda hoje ele tem uns ataques de pânico e foge correndo quando me vê, mas isso não é regra.
Ele agora fica no colo se eu pegar e fecha os olhinhos quando ganha carinho e até já dançou uma música inteira no colo.
É uma delícia conquistar a confiança e ganhar o amor deles!
Parabéns!
Bjs
Stela e Petetecos