quinta-feira, 19 de julho de 2012

gatinho adestrado?

confesso que já li em alguns livros que gatos podem respeitar alguns comandos. os meus, particularmente riem da minha cara se eu tento algum coisa. algumas pessoas acham que é mentira, mas JURO que eles sabem o nome deles, principalmente o nico, que ficou como filho único por dois anos.

escrevendo este post, lembrei que vi no "you must love cats", no animal planet, uma mulher que tem uma banda formada por gatos. ela adestra todos eles para serem rock star. e os pequenos fazem o trabalho direitinho.

honestamente sou contra qq tipo de adestramento neste sentido. acho que os animais devem fazer aquilo que bem entender e não ficar que nem palhacinhos fazendo graças para o dono achar legal. adestramento só é bom, na minha opinião, quando corrige um comportamento inadequado do animal. uma coisa meio césar milan, onde o dono é adestrado a tratar o animal de maneira coesa e assim receber o melhor comportamento dele ;)

assim, vcs entenderão pq minha revolta em ver o gatinho sentando, rolando e acatando todas as ordens do cara. não faz parte da natureza deles. é até bonitinho, mas morri de dó dele fazer tudo isso a troco de nada.

e vc? o que acha sobre este tipo de "adestramento" animal, seja em gatos ou cachorros?

8 comentários:

Repositório disse...

Morri!

Aline disse...

Aqui em casa, minha gatinha também sabe direitinho quando estamos dizendo o nome dela! É tiro e queda: é só chamarmos, esperarmos alguns segundos, e ela logo aparece. Uma vez li que gatos atendem o chamado melhor se tiverem seus nomes terminados com a letra "i". Chloe, quando pronunciamos, termina com som de "i" (kloʊi). Coincidência ou não, dá resultado!
Também concordo com você a respeito de adestramento de animais. Chego a a achar até um pouco cruel com o bichinho, salvo quando é para corrigir algum desvio de comportamento.

Abraços!

Carola disse...

Engraçado , o Billy primeiro adotado aqui de casa tb atende pelo nome. Será que isso é coisa de filho único ?
Quanto ao adestramento concordo contigo, não acho graça alguma. É como ir no circo e achar graça vendo animais girar, rolar bolinhas, passar por arcos de fogo e tantas outras coisas estupidas e totalmente fora do comportamento normal deles. Agora quando é algo para a segurança e bem estar dos animais domésticos sou super a favor.

Milene Widholzer disse...

Mina atende pelo nome e quando assobio. Soninho tbm fazia isso. Mina também senta quando eu peço e sabe que quando eu digo "quer?" que eu me refiro a sachets, porque ela vai direto pra cozinha e espera. Mas isso é coisa dela, eu percebi que ela entendia isso e respondia a esses estímulos porque queria. Mas não tento mais nada além disso porque acho que o charme dos bigodes é a vontade própria, a pose e majestade de porte, é fazer o que lhes dão na telha quando querem, rsrs.
Pequenos comando são legais só quando eles se interessam por eles. Na verdade, nós é que devemos nos virar para entende-los e não o contrário.
Até mesmo com cães, acho bacana que saibam só pequenos comandos que facilitam a interação, meio Cesar Milan mesmo.
No mais é curtir o jeito de ser deles, que é o que é realmente especial e legal.
Bjocas

Eddie: The Cat disse...

Você nao me conhece, mais meu nome é Eddie. Minha mãe no me adestrou mais ela sempre quando me chama e bate a maozinha na mesa eu sei que e pra subir lá. O mais divertido eh quando ela fala: Quem quer Whiskas sachê? Saio correndo da onde estou pra ir comer. Vou pedir pra ela filmar e vou colocar no meu blog pra voce ver.

Lambeijos.
http://eddieogatinho.blogspot.com.br/

dicas para tudo disse...

que ridiculo

RM disse...

A resposta está atrasada mas eu concordo com vc em genero numero e grau! Não acho certo ensinar um truque pro bicho pra ficar me exibindo as custas dele. Desde que saibam seus nomes, vem, não e outros comandos importantes do dia a dia, ja me dou por satisfeita. Que diferença faz se minhas gatinahs Nina e Maria Lua sabem dar a patinha ou se fingir de mortas? Que importa se meus hamsters não sabem ficar de pé quando mando? Eles são felizes e eu não preciso de truquezinhos manipuladores! Concordo muito com vc!

Helena disse...

Concordo plenamente com voce! Nunca gostei de ver cães fazendo papel de palhaços na tv ou em showzinhos! Os gatos são muito mais inteligentes em não fazer essas tolices e só fazem o que é útil pra eles! Esse pobrezinho, quiz apenas agradar esse pobre humano! Os meus aprendem as coisas só me observando fazer! O Amon aprendeu a abrir o armario do banheiro sem nunca eu ter ensinado isso e vem quando chamado e ainda olha pra onde estou apontanto! (como por exp, um inseto na parede!)
Os humanos são bobos em achar que inteligencia é fazer tudo o que o outro manda!