quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

quantos gatos devo ter?


sempre que me perguntam quantos gatos eu acho que é o número ideal para uma casa eu falo que tenho quatro, mas que as meninas aconteceram. e que legal mesmo é ter dois gatos.  não me entendam mal, por favor. em nenhum segundo desde que eu adotei a lorena e a preta me arrependi de tê-las adotado. elas são parte de quem sou hoje e não me imagino sem as duas.


tenho, entretanto, que esclarecer que elas chegaram por acaso, as peguei como lar temporário e meu coração foi derretido pelo poder de fofura das duas. quando percebi era tarde demais para abrir  mão. diferente do senhor nicolau e do miguel, que foram escolhidos por mim e esperados. foram tempos logos de amadurecimento para adotar um gato e mais outro tempo para adotar o segundo.


de verdade mesmo, o número de gatos da sua casa depende de vc. é só vc quem pode definir quantos gatos são bacanas para ter em sua convivência. pela minha experiência, indico sempre dois pois acredito que além de um fazer companhia para o outro, temos duas mãos e conseguimos dar atenção para dois com bastante tranquilidade.

além disso, gatos não gostam de viver em colônias – diferente dos cães –, e precisam de certa individualidade e espaço para se sentirem bem. assim, com dois gatinhos vc mantém a individualidade do pequeno e tb evita que fiquem carentes por muito tempo, nos períodos que estamos trabalhando ou precisamos viajar.

outra coisa que muda com mais de dois gatos é o dinheiro que vc gasta com ração, areia e possíveis problemas clínicos. sim, é importante levar em consideração que seu gato pode adoecer. além disso, lá em casa, eu opto por uma ração super premium, o que encarece os gatos mensais com as ‘crianças’, mas acredito que investimento em ração resulta em economia com o veterinário. as vacinas tb precisam ser levadas em consideração. em média elas custam r$ 100  por gato ao ano.

ter apenas um gato nunca indico. mesmo em apartamentos pequenos. tenho pena de gatos que são filhos únicos, mesmo os que não curtem outros gatos. claro que para os que não curtem companhia, não indico um irmão, mas se vc tem um gatinho que acha que toparia um outro, vale a tentativa. o começo é um estresse, mas depois eles ficam super fofos juntos.


como tudo nesta vida, o segredo é ter bom senso. se vc tem grana, tempo, amor, carinho e uma casa que comporte seus gatos confortavelmente, vale a pena ter uma família maior. mas se vc não tem, pense que o melhor para um gato pode ser o mais ou menos para 3 ou 4.

4 comentários:

alessandra disse...

eu quero ter mais gatos, mas no meu atual apartamento chegamos à lotação máxima com 3. é o que a casa comporta. sinto que, se mais chegarem, o espaço vai ficar muito pequeno. não por mim, mas por eles mesmo. os meus gostam de manter uma certa individualidade e uma distância mínima dos irmãos. nenhum deles é de ficar grudado nos outros...

Carla Lorenzano disse...

bom, na minha vida de gateira eles foram surgindo, entre um salvamento e outro, tenho 6 em casa e 5 na minha loja!!!um numero bem consideravel, mas parei por aqui!!!Sempre que mais akgum chega, trato de colocar pra adoção, visando a posse responsavel, claro!

Normanda Vidal disse...

Olá, flor... Eu tenho um Angorá Mestiço tigrado de 5 a 6 anos el já foi adotado com 2 aninhos e já tentamos duas companhias pra ele, um cachorro que não deu nada certo, tive que levar o cachorro pra morar com a minha mãe que é louca por cães e depois adotei uma gata de 2 aninhos, chamada Julie, que teve um histórico de agressão nos lares adotivos anteriores, mas nem ela se adaptou a ele e nem ele a ela, agora peguei uma Exótica Blue, ela é mto jovem, com apenas 8 meses, não existe a possibilidade de abrir mão dela... nenhuma... nesse caso vc acredita que existe a possibilidade de que ambos se adaptem? Chamei um adestrador pra nos ajudar... Obrigada, adoro seu Blog...

Deco disse...

OK mas então você importa alguma ração??