quarta-feira, 28 de novembro de 2007

adotar ou comprar?

já tentei, juro, mas eu não consigo entender como uma pessoa opta por comprar um bichinho sendo que tem milhares deles abandonados pelas ruas do brasil. muita gente fala que quer bichinho de raça, um gato persa, um siamês, um angorá. por favor, se vc conseguir me explicar qual a diferença de um gatinho de rua e um gato de raça, por favor me manda um e-mail.
a única diferença que vejo, e quero deixar claro que favorece os animais sem raça definida, é que um gatinho de rua foi resgatado, cuidado, castrado, alimentado e amado por pessoas que não receberam nada com isso a não ser a felicidade de encontrar um lar legal para os pequenos e, um gatinho de raça, muitas vezes (não quero generalizar), foram criados por pessoas sem nenhum escrúpulo que falam que amam os animais, mas que submetem as pobres fêmeas a várias gravidezes seguidas com o objetivo de lucrar mais e mais com o nascimento dos filhotes.
sei que existem criadores de gatos que são mais conscientes e que não submetem a fêmea a tantas cruzas, mas mesmo assim, não consigo entender o motivo de criar bichinhos, a não ser pelo lucro puro e simples por meio de suas vidas.
assim, se vc pensa em ter um animalzinho em casa e acha que deve compra-lo, pare e pense qual a diferença existe em animais de “raça” e animais sem raça definida. pense na quantidade de gatinhos que vivem pelas ruas, correndo risco de sofrer maus tratos, agressões de pessoas ignorantes, envenenamento, atropelamento, ser mordido por um cão...
não é a toa que existe um ditado que diz que o amor é cego. é cego não por ser burro, mas por não fazer diferença entre o branco, o velho, o pobre, o de raça. e pode ter certeza, se vc optar por adotar um gatinho de rua, não vai se arrepender depois de perceber o amor que ele vai te retribuir!

2 comentários:

Karen disse...

Olha,é a 1ªvez q entro no teu blog(vi o link no AdoteUmGatinho)e mesmo tendo outros posts antes tive q vir comentar este post...quanto a isso de preferir comprar gatinho de raça em vez de adotar um mimosinho de rua é como ir num lugar onde vendem crianças loirinhas de olho azul e comprar uma em vez de adotar uma pobrezinha de qualquer cor que sofre ou na rua ou em algum orfanato...é praticamente um nazismo isso.

Adorei o blog, parabéns por adotar o Miguelzinho Dálmata, aquele presentinho lindo de Bast, e tudo de bom pra ti!=*

Pati disse...

Oi Luisa! adoro seu blog! (peguei o endereço no adote um gatinho). concordo plenamente com vc, virou um verdadeiro comércio! eu não passo nem perto de pet shop q vende bicho, boicoto mesmo! esse ano eu adotei uma bebê abandonada, a Nina, é a coisa mais fofa e me dá muitas alegrias! como vc disse, não tem como se arrepender...
parabéns pelo blog!