sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Gatos e ruas

Cansei de ouvir que gatos são animais de rua, que gostam de escapar e que precisam ter acesso ao mundo exterior. Não consigo entender como uma pessoa que se diz amante de gatos admite este tipo de coisa. Principalmente que acompanha o trabalho de gente séria que gasta dinheiro e tempo cuidando de animais atropelados, judiados porque tiveram acesso as ruas e foram atropelados.

Até compreendo que alguns gatos são aventureiros e curtem dar suas escapadelas. Mas minha gente, não moramos no Canadá para deixar nossos gatos saiam nas ruas e corram riscos DESNECESSÁRIOS. Eu acredito piamente que, como boa protetora que eu sou, com um blog que fala de gatos e que é lido por pessoas que ajudam a ONG a qual trabalho e querem saber dos meus gatos, tenho a obrigação de dar o exemplo, de lutar pela segurança dos gatos e de sim ficar indignada com quem não segue o que eu acredito ser o certo.

Não estou aqui para julgar ninguém. Longe disso. Mas já fazendo, é muita filhadaputice deixar um animal sair de casa, voltar estropiado e continuar a manter a casa insegura. Outro absurdo é julgar uma pessoa que fica indignada com isso. Eu fico indignada e acho que quem cria animais soltos é irresponsável e deveria saber que cuidar de um animal não é só dar carinho.

Um animal precisa de ALIMENTAÇÃO, CARINHO E CUIDADOS.

É o mínimo que eu espero e não vou aceitar nada menos do que isso. E podem encher meus comentários com desculpas esfarrapadas. Eu não ligo. Para mim, se seu gato sai na rua, você não está pronto para ter animais.

Se faz isso, ok, não posso impedir, mas que pelo menos não fique espalhando aos quatro ventos. Se você tem um blog, você deve saber que ele é lido e que muitas pessoas que estão pegando um gatinho agora para adotar, lêem o que você escreve e acreditam, pois pensam que você tem mais experiência do que eles.

Eu cansei de ver gatinho passeando na rua e peguei e levei embora. Não me interessa se alguém acha que é dono dele e o alimenta. Para mim, se está na rua precisa ser resgatado. E se depois não venha choramingar que seu gato saiu para um role e nunca mais apareceu. Se depois eu postar uma foto dele aqui, nem me mande e-mail, pois vou mandar você para aquele lugar.

Lugar de gato é dentro de casa, seguro, alimentado e feliz.

16 comentários:

Gata Lili disse...

Falou e disse!

disse...

lu, é por essas e outras que eu amo vc! ;)

obrigada por não ficar em cima do muro e por se posicionar, sempre. seu blog é lido por muita gente e é bom que as pessoas percebam a importância desse assunto.

Tânia (Marienkäfer Laden) disse...

Que curioso, no blog da Marianne Gata Lili aconselhou q ela não ligasse para o q os outros dizem, agora estah de pleno acordo com o assunto q ela aconselhou a não ligarem. Fiquei confusa.

Cybelle Varonos disse...

Amoooooo gatos, tenho dois, na verdade são meus irmãos!!!!
Jamis vão na rua, nunca, só lambeijinhos, caminha e comidinhaaa, tenho até uma tatoo de gatos!!!
Bjokas

Lizandra disse...

É verdade , lugar de gato é dentro de casa, porque é perigoso de algum cachorro pegar , de ser atropelado , pegar doenças , etc... Sem contar tem uns idiotas que fazem maldades com os animais

Vivi e Mozart disse...

Concordamos plenamente!!
Vivi, Mozart e Monalisa

Pepe disse...

Eu compreendo a tua posição e concordo com ela! A 100%. Lugar de gato é dentro de casa. Tal como contei num outro blog amigo, conheço uma pessoa q acha q o gato deve andar na rua e agora foi atropelado, partiu a bacia e uma patinha e está sofrendo horrores. NEm assim ela fecha a porta para ele. Não concordo com isso. Mas tb entendo que por vezes os animais fogem. A Alice já fugiu um dia para o telhado para explorar. Foi erro meu? Não foi! Eles não têm um botão para desligar, são curiosos por natureza e basta uma frestinha e eles vão explorar. Claro que fechei a guarda mais! Antes ela chorar que eu! É a minha posição! Mas acho que devemos distinguir as coisas! Mas é apenas a minha opinião! Gosto muito do trabalho que fazes e é louvável! Continua! E tb acho q estas discussões de ideias são óptimas. Sem baixaria, sem atropelar as ideias dos outros e tentando chegar a um consenso. Os meninos merecem!

MArradinhas do Pepe e da ALice

Louca dos Gatos disse...

o objetivo do post não é criar confusão alguma. na verdade pouco li sobre o que foi dito no blog da marianne. li o post, mas não os comentários. sinto alívio que a gata dela tenha voltado, mas isso não muda o fato de que deixar gatos saírem de casa é um absurdo. mas isso é minha opinião. cada um pensa como quiser. só não acho legal fazer apologia a insegurança. a gata pagou a conta pela irresponsabilidade dela. para mim, melhor ajudar 3 gatos de maneira correta que 2547896 meia boca, entende? se não tem condição de ter 20 gatos, tenha apenas 1, dê a melhor ração, leve ao vet e mantenha ele seguro. quando se trata de vidas, falamos sempre em qualidade e não em quantidade!

Pepe disse...

Tens de ter lido os comentários pq chegaste, inclusivamente, a comentar e dp o comentário foi apagado! Mas não é isso que vem ao caso. Tens razão no que dizes! Devemos dar o melhor aos nossos animais e fazer com que tenham uma vida longa e feliz! Devemos evitar a todo o custo que saiam de casa! Devia ser uma campanha de todas as ONGs espalhadas por aí! No Brasil e em Portugal. Tão importante como a da esterilização!
A minha única discordância em tudo isso pode ser comparada com uma criança! Se tiveres um filho e o miúdo cair no chão e partir a cabeça a culpa é tua!? Não são peluches que monotorizas! Têm vida e não são telecomandados! Temos de separar um azar de uma irresponsabilidade!

Não leves a mal toda esta minha intervenção! É da troca de ideias que se faz a luz! E sabes que gosto de vir aqui e do teu trabalho! Longe de mim criar algum tipo de hostilidade no teu espaço!

Um beijo

patidiamante disse...

parabéns pelo post luísa! quem é amante de gato (de verdade) deve fazer sua parte, tentar conscientizar as pessoas que lugar de gato é dentro de casa e em segurança!!!
concordo tb que é melhor ter um gato bem tratado do que um monte meia boca... não é barato ter um bicho bem tratado, não pra quem ama de verdade. é como filho, tem que pensar muito antes de ter... quem tem dúvida, por favor, não tenha!!!
bjo e bom feriado!

Anônimo disse...

Acho que vale muito mais a pena tirar 20, 30, 40 gatos da rua e dar uma vida boa a eles do que tirar somente 3. Isso porque os 20,30,40 que foram tirados da rua estariam sendo atropelados,passando fome, frio, sendo maltratados... E os 20,30, 40 tirados da rua tem casa, comida, coberta, carinho.. ainda que, eventualmente, 1 tenha burlado a segurança da casa e fugido, por um lugar inimaginável. Se tivessem continuado na rua estariam correndo os mesmos riscos que correu esse um, quando esteve foragido. Por isso é absurdo dizer que é melhor cuidar de 3 bem do que 20 mais ou menos. Essas protetoras que cuidam de dezenas de gatos retirados das ruas, e cuidam da maneira que podem, são, inclusive, ajudadas pelo AGU, que admira o seus trabalhos e o esforço que despendem por esses gatinhos. Essas pessoas não são também admiradas por nós? São, e muito. É muito diferente fazer um trabalho solitário do que um trabalho assistido por uma ONG. E ninguém pode afirmar que quando se encontra um gatinho na rua, desnutrido, doente, machucado..é melhor deixar esse gato na rua do que levar ele para casa e tratá-lo, mesmo que eventualmente você more em uma casa que, apesar de telada, os gatos podem encontrar uma maneira incompreensível de fugir.
E todos têm, sim, conhecimento do caso da Marinanne, que ajuda muito os gatinhos,muito mais do que muitos que a criticam, e não estou me dirigindo a ninguém em especial.

Anônimo disse...

aliás, só para complementar o post anterior, essa questão comentada de que é melhor ajudar 3 do que 20 mais ou menos é, para mim, quase a mesma coisa que dizer: se você não pode fazer tudo o que tem que ser feito por um gato de rua, não faça nada. Ou seja, se não pode recolher um gato que está na rua, levar para tua casa, castrar, doá-lo, etc..nem mesmo castre e dê comida para ele na rua. Para mim é a mesma coisa: se não pode fazer tudo, não faça nada. Eu prefiro fazer um pouco do que não fazer nada. Prefiro castrar e dar comida do que não fazer nada...

Louca dos Gatos disse...

antes de mais nada, comentei, apaguei e se vc perceber, foilogo no começo. depois naõ lia mais. mas este não é o ponto. o que tem a ver isso? não entendi.

Louca dos Gatos disse...

segundo, acho simplesmente covardia comentar, falar o que quer e não se identificar. de qualquer maneira, acho que vc, anônimo, confundiu as palavras. deixa ver se eu explico melhor. primeiro este blog é pessoal, então diz respeito a minha opinião e não à ONG a qual faço trabalho voluntário. depois, bom, eu tenho 3 gatos, 4 com a rita. isso não me impediu de ajudar uma quantidade imensa de animais. alguns que recolhi, outros que fiz lar temporário para desafogar as casas de outras pessoas. desta forma, continuo com a posse resonsável, criando apenas a quantidade de animais que posso garantir segurança, alimentação e carinho. me apaixonei por muitos gatinhos que passaram por mim, mas sempre pensei que se não tenho condições, não posso ter mais animais. sobre um animal fugir uma vez, ok, acontece. entretanto, o post da marianne deixa claro que, além da gata ter fugido pq ela não arrumou as telas por preguiça, não foi primeira vez que isso aconteceu. ela já perdeu um animal que saiu e não voltou mais. então, ânonimo, posso concluir que, cometer um erro é humano, mas persistir nele é burrice. se ela precisa de ajuda financeira para consertar as telas, me predisponho a ajudá-la com uma rifa! cansei de ajuda outras pessoas e agora não seria diferente!

Cynthia disse...

Como não tenho blog e leio poucos, estou por fora, só posso dizer que moro num ap telado, e outro dia não achava a milela, e ENLOUQUECI! racionalmente eu sabia que a danada estava escondida em algum canto, mas o pavor me fez pensar coisas medonhas, e a madame estava dentro da caixa do aspirador de pó, dormindo feito um bebe! foram os minutos mais longos que eu já passei, e não consigo imaginar o que eu sentiria se uma das minhas joias tivesse ido pra rua! morro só de imaginar uma delas desaparecidas! Lu, tõ com saudades! bj

Lizandra disse...

Tem um selinho para você na no meu blog "Alguém que a AMA Gatos , passa lá para pegar , bjs!