quarta-feira, 27 de outubro de 2010

nem deu tempo...

de tirar foto dos temporários de casa.

docinho chegou em casa com destino certo e perfeito. família de comercial de margarina. mãe, pai, irmã gente e cachorro. a família já está adaptada e ela já curte todo mundo. uma família sem preconceitos ;)

a nina... bom, a nina mereceria um post só dela, mas comoo estou enlouquecida no trabalho, sei que ela ela me perdoa. eu recebi e-mails de alguns interessados na pequena e resolvi ser ágil nesta adoção. no sábado fiz a vistoria na casa e era perfeita. além de linda, mutos altos e segura, tinha um clima tranquilo e uma gatinha que eles acharam na rua, a lola e um golden maravilhoso, o fubá.

depois de vistoriada, voltei para casa e fui levar a nina. ela não estranhou nada. coisa linda. a lola fez fuz e rosnou, mas nada muito sério. o fubá foi cheirar a nina e ganhou uma lambidinha no focinho. foi perfeito. sensação master de dever cumprido. aquelas adoções que a gente "esquece" pq não se preocupa com nada e tem certeza que será para a vida toda.

a neve está em casa com brasilino. ela é a mais fuzenta de todas, mas agora que está só com ele, está se acalmando. foi muita mudança num dia só. a novidade é que a neve está doada e este final de semana ela vai para a casa nova. um apê telado na lapa. parece uma super adoção e estou na expectativa.

aí vc pergunta se o brasilino fica só de novo, né? não. infelizmente uma gatinha que foi adotada com a gente há dois anos está sendo devolvida. felizmente eu vou abrigá-la e tenho certeza que desta vez ela terá mais sorte. não sou de julgar as pessoas, mas já passei muitos apuros e nunca pensei em entregar meus filhos. tenho certeza que se fosse humano, dava-se um jeito, né? bom, assunto polêmico a parte, a gabriela chega em casa neste sábado. espero que ela tenha sorte tb.

dedos cruzados, pessoal!

7 comentários:

Queremos falar de música! disse...

Ah!
que bom que cada um conseguiu uma casa perfeita!
Sempre quis ter um gato (adotado) mas meu pai não gosta =/

;*
Marina

Maira disse...

Dá um alívio no coração saber que mais uns peludinhos conseguiram um lar onde serão amados!
Parabéns pelo seu trabalho!
bjs.

Gata Lili disse...

Que bom...fico tão feliz quando vejo animais adotados!

Carla Pinheiro disse...

Que tipo de gente FDP é essa que devolve um filho depois de anos?
EU heim! Gente maluca do C....

Fico até nervosa!

Parabéns pelo trabalho... tenho orgulho de seguir esse blog e de ser sua irmã...hihhihi

Prosopopéias Cintilantes disse...

Sorte para a Gabriela. Comigo aconteceu de devolverem uma vez e nunca consegui entender!
Bjs
Stela e Petetecos

Daniela Tórgo disse...

Para mim é tambem bastante complicado entender a facilidade que algumas pessoas tem em se desfazer de seus animais!!!No inicio do ano uma vizinha do meu predio pegou um gatinho da rua e veio me pedir algumas dicas, tel do veterinario dos meus etc...a mais ou menos 20 dias eu estava saindo e para a minha surpressa ele vinha entrado furiosa e o pobre gato atras dela apavorado,custei a endetender o que estava acontecendo. Ela havia largado o gato na rua de novo e este voltava atras dela. Aquilo acabou comigo!!!!!!!!!!!Resultado, advinha onde ele esta agora? Pois é, acabei ganhando mais um filho o Frederico.bejos

kazinhabueno disse...

puxa, esse lance das devoluções é mesmo complicado... eu não consigo me imaginar mais sem a Jade... mesmo quando ela me irrita muito, entrando dez vezes embaixo da TV pra morder os fios, rs, passam 10 minutos e já estou afagando e apertando ela, rs. e qdo ela aparece pra dormir comigo à noite... ah, isso acaba com qualquer possível irritação! boa sorte aos novos temporários!